Allan Kardec – Um Educador

criancas_educador_figura1

O Prof. Rivail, conhecido pelos espíritas – e mundo afora – como Allan Kardec, possuía formação acadêmica ampla. Publicou vários trabalhos, recebeu prêmios e reconhecimento da sociedade francesa.

Apesar de sua formação ser bastante abrangente, o foco de Kardec era a educação, e não poderia ser diferente, afinal estudou com um dos papas da pedagogia, Pestalozzi, tendo sido um de seus discípulos.

Essa introdução serve para que possamos entender porque a doutrina espírita tem a cara que conhecemos, pois, não obstante ter sido ditada pelos Espíritos Superiores, a mão de Kardec ajudou a delineá-la, dar-lhe forma. Por essa razão que todo Centro Espírita tem a feição de uma escola, só que uma escola da alma.

Para entender Kardec, preciso é, primeiro, tentar compreender a visão de mundo de um educador. Comecemos analisando, de forma superficial já que o espaço não permite sermos mais analíticos, como um ser humano de outra área de conhecimento costuma ver as coisas.

Por exemplo, um advogado costuma ver as situações da vida sob a ótica da conduta das pessoas e dos conflitos entre elas, no seu trabalho predomina a preocupação com o resultado prático das causas que defende, a fim de levar ao seu cliente alguma satisfação, um resultado positivo.

Outro exemplo, considere um engenheiro civil quando se depara com uma situação, do tipo, um acesso ruim para determinado lugar, uma residência em situação precária, em ruína, ele tenderá a imaginar como achar uma solução para isso, fará um projeto, pensará nas opções para solucionar o problema.

Um médico, outro exemplo, só é procurado quando alguém tem uma queixa, uma dor, um mal-estar, enfim, um problema. Ele tenderá a buscar a melhor solução, e, se possível, a mais rápida, para aliviar o incômodo que o paciente lhe relata.

Há um ponto em comum entre esses três exemplos hipotéticos: buscar solucionar problemas que afetam a vida das pessoas. E, como não poderia ser diferente, a formação profissional – as atividades diárias de uma pessoa – influencia seu modo de ver as coisas (é o que se denomina “deformação profissional”).

Um educador tem uma visão um tanto diferente do mundo. Ele busca a transformação da realidade que lhe é posta, das pessoas, dos valores, dos sonhos. Um educador tem em si a consciência e a crença de ser um agente da transformação, um incentivador que busca reunir naqueles que estão sob seus cuidados, os elementos que propiciem a sua alavancagem rumo ao infinito. Um educador é, antes de tudo, um sonhador, um idealista, um revolucionário.

Sua meta maior é ajudar as pessoas a realizarem o potencial que trazem; libertá-las da prisão da ignorância, principalmente acerca do que pensam e sentem; fazer com que acreditem que também são criadores.

Logo, não é prioridade de um educador “resolver problemas”, consertar coisas, situações ou pessoas. Sua prioridade e seu compromisso está com a formação do ser humano, enquanto ser que pensa, que sente, que age. Sua alegria consiste em perceber a transformação que sua ação, lenta e persistente, é capaz de promover nas mentes e nos corações daqueles a quem se dedica.

Isso explica porque o Prof. Rivail dava aulas de graça a pessoas que não podiam pagar; porque doava os direitos autorais de seus escritos, a fim de barateá-los e assim fazer chegar a maior número de pessoas.

O Prof. Rivail era um educador, e como tal tinha consciência de que os resultados de seu trabalho só são percebidos, normalmente, depois de uma ou duas gerações. Esse é o preço de ser um idealista, quase sempre não se vive o suficiente para ver desabrochar as flores que semearam.

Para compreender melhor esses notáveis seres humanos, os educadores, recomenda-se a leitura dos materiais produzidos pelos seguintes idealistas, entre outros:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s